domingo, 14 de fevereiro de 2010

De repente, 30!


e chegou os 30... não sei se estava ansiosa, mas algumas mudanças internas são imediatas... é engraçado como fazer 30 anos mexe com a cabeça da gente... não por preocupação, mas emoção, sinto o tempo de uma maneira indescritível, sinto que o tempo passa muito rápido. Me lembro quando era criança que 30 anos era sinônimo de casamento, filhos, marido, enfim... eu por enquanto estou longe disso. É obvio que a "sociedade" cobra isso da gente, e obviamente eu quero minha casa, ser mãe e quero um marido também, mas eu não tô preocupada com isso não... Hoje aos 30 anos quero me tornar ainda mais independente, mais madura e mais mulher. Meu ano novo será realmente de transformações... idéias novas, trabalho novo, casa nova... só falta namorado novo, mas isso é questão de tempo, hoje eu não aceito mais perder tempo, não quero qualquer coisa, não quero mais qualquer pessoa do meu lado, chega né?rs
Minha idéia hoje é outra... mais qualidade, mais felicidade, mais verdade...
Lí um artigo do Affonso Romano extraído do livro "A Mulher Madura", Editora Rocco que "Fazer 30 anos é como ir à Europa pela primeira vez. Fazer 30 anos é como o mineiro vê pela primeira vez o mar...Na verdade, fazer 30 anos não é para qualquer um. Fazer 30 anos é, de repente, descobrir-se no tempo.. Aos 30 já se aprendeu os limites da linha, já se sabe de onde sopram os tufões, Fazer 30 anos é mais do que chegar ao primeiro grande patamar. É mais que poder olhar pra trás. Chegar aos 30 é hora de se abismar, de se permitir"
E pra completar, Arnaldo Jabor... "Uma mulher de 30 nunca o acordará no meio da noite para perguntar: "O que você está pensando?" Ela não se importa com o que você pensa, mas se dispõe de coração se você tiver a intenção de conversar.Se uma mulher de 30 não quer assistir o jogo, por exemplo. Ela faz alguma coisa que queira fazer. E, geralmente é alguma coisa bem mais interessante.Uma mulher de 30 se conhece o suficiente para saber quem é, o que quer e quem quer. Poucas mulheres de 30 se incomodam com o que você pensa dela ou sobre o que ela está fazendo... Mulheres mais velhas são diretas e honestas. Elas te dirão na cara se você for um idiota, se você estiver agindo como um! Você nunca precisa se preocupar onde você se encaixa na vida dela. Basta agir como homem, e o resto deixe que ela faça."
Fazer 30 anos pra mim não é saber oque eu realmente quero, mas é ter a certeza do que eu não quero... e eu quero dinheiro e quero amar.... rs Bjo grande!

2 comentários:

Angela disse...

Parabéns!

Fazer 30 anos, realmente é uma mudança para a mulher. Parece que tudo muda, mas acredito que os seus 30... continuará com estilo e bom gosto, como mostra em seu blog.

Beijos!
Angel Black

Jujuba disse...

Então fazer 30 anos é um acontecimento...Lembro bem quando fiz 30...Foi uma mistura de emoções,sensações,pensamentos confusos,conflitantes,incoerentes,
era TUDO JUNTO MISTURADO rsrsrsrs.
Mas de uma coisa eu tinha certeza!
Ao completar 30 anos pela primeira vez sentia-me:INTEIRA,COMPLETA,SENTIA-ME REALMENTE EU DE FATO E DIREITO.
Passei a "existir" completamente diante de mim e do mundo.

Seja bem vinda aos trinta.
Acho uma delicia ter completados recentemente 35. Vejo-me bem melhor do que aos 20.

Beijos e Felicidade.